Os eleitores precisam seguir os cuidados sanitários por conta da pandemia

Nestas eleições, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) definiu uma série de orientações sanitárias para os eleitores em todo o Brasil.  Afinal, os cuidados necessários para evitar a contaminação da covid-19 é importante, já que o Brasil tem 147 milhões de eleitores, com mais de 95 mil locais de votação e mais de 401 mil seções eleitorais. O primeiro turno acontece neste domingo, dia 15.11, e o segundo, dia 29/11.

Verificar local de votação - Antes de sair de casa para votar, o eleitor deve verificar o seu local de votação, já que algumas seções eleitorais foram alteradas. Essa checagem pode ser feita por meio do aplicativo e-Título, na opção onde votar (baixe agora, no Google Play aqui ou na App Store aqui, ou, caso não queira baixar o aplicativo, a opção é acessar o Portal do TSE aqui.

O e-Título é um aplicativo para celular que fornece as informações básicas do eleitor. Para quem ainda não fez o cadastro biométrico, é necessário apresentar um documento oficial com foto sempre que for utilizar o título digital.

Qual documento é exigido para votar –  O eleitor deve levar um documento de identificação com foto. Pode ser carteira de motorista, RG, carteira de trabalho, passaporte ou e-Título.

Local de votação - Se você não está localizando seu título de eleitor, não tem problema. Você pode acessar pela internet o local de votação pelo seu CPF neste link aqui.

Horário ampliado - Uma importante novidade é que, neste ano, o tempo de votação foi ampliado em uma hora e começará mais cedo: o horário será das 7h às 17h. Porém, o horário das 7h às 10h é preferencial para maiores de 60 anos. Os demais eleitores não serão proibidos de votar neste horário, mas devem, se possível, comparecer a partir das 10h, respeitando a preferência.

Máscaras e caneta - A mensagem nº 1 da Justiça Eleitoral é a de que o eleitor permaneça de máscara desde o momento em que sair de casa, evite contato físico com outras pessoas e cumpra o dever cívico da forma mais ágil possível, sem permanecer tempo desnecessário nos locais de votação.

Além da máscara, se possível, cada eleitor deve levar sua própria caneta para assinar o caderno de votação e levar anotados os nomes e números dos candidatos (a “cola eleitoral”) para votar o mais rápido possível. A Justiça Eleitoral orienta que, de preferência, o eleitor não leve crianças nem acompanhantes para o local de votação.

Para quem for justificar o voto - Quem estiver fora do seu domicílio eleitoral e for justificar voto, deve acessar o app e-Título, no qual foi disponibilizado o link acima. Conheça todos os detalhes sobre o voto justificado no link aqui.

Importante: Não é necessário ir a uma seção eleitoral para justificar. Apenas é necessário ter o app instalado e estar em local diferente do domicílio eleitoral (município diferente). O app vai identificar pelo GPS do celular e vai permitir a justificativa.

....................................................................
Redação: Andréa Pessoa - @mandalaconsultoria
Arte: Alexandre Oliveira 

 

 
 
 

Rua Prof. Andrade Bezerra, 64 | Parnamirim
Recife – PE | CEP: 52.060-270
Tel.:(81) 3441-6044
afremsindical@afremsindical.org.br