A placa de gelo tem 170 km de comprimento

A Agência Espacial Europeia (European Space Agency  - ESA) divulgou, na última semana, que uma placa de gelo gigantesca, com mais de 4,3 mil quilômetros quadrados, quase três vezes a área da cidade de São Paulo, se separou da parte noroeste do continente gelado. Localizado no Mar de Weddell, na Antártida, o iceberg é considerado o maior do mundo por pesquisadores.

O iceberg, apelidado de A-76, tem cerca de 170 quilômetros de comprimento e 25 quilômetros de largura. As imagens de satélite foram capturadas pelo Copernicus, programa de monitoramento das mudanças climáticas da ESA. O A-76 assumiu o posto de maior iceberg do mundo, até então ocupado pelo A-23A, que também flutua no Mar de Weddell e tem aproximadamente 3.380 quilômetros quadrados.

Os cientistas explicam que o desprendimento regular de plataformas de gelo é considerado natural. No entanto, nos últimos anos, algumas sofreram rápido rompimento. Os pesquisadores atribuem o fenômeno às mudanças climáticas, de acordo com o Centro Nacional de Dados sobre Neve e Gelo dos Estados Unidos.

Mudanças climáticas - Quem tem interesse em se atualizar sobre mudanças climáticas pode acessar o site Climate from Space (https://cfs.climate.esa.int/ ). O portal mostra um globo interativo em 3D, mapas e textos explicativos com informações coletadas por satélites globais. Já a iniciativa de mudança climática da ESA (https://climate.esa.int/ ) apresenta um panorama do aquecimento global e suas consequências.

...................................................................
Redação: Andréa Pessoa I @mandalaconsultoria
Imagem: satélite ESA

#AfremSindical
#mudançasclimáticas

Rua Prof. Andrade Bezerra, 64 | Parnamirim
Recife – PE | CEP: 52.060-270
Tel.:(81) 3441-6044
afremsindical@afremsindical.org.br